Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Português preso em Espanha

Um português, de 36 anos, está entre os 16 detidos de uma megaoperação da Polícia Nacional de Espanha, em Sevilha, que conseguiu desmantelar uma rede que se dedicava à angariação de brasileiras para a prática da prostituição no país vizinho.
5 de Novembro de 2006 às 00:00
Além do português, identificado apenas como A.R.F., a rede era dirigida por uma colombiana, de 39 anos, e por um búlgaro, de 35, também eles presos.
Foram ainda detidas 13 brasileiras, todas ilegais em solo espanhol, e que se encontravam no interior da casa de alterne que foi encerrada pela Polícia Nacional de Sevilha.
A rede concentrava as suas actividades no Brasil, onde se dedicava a angariar mulheres com sérios problemas económicos e familiares.
‘Atraídas’ a viajar para Espanha como turistas, as mulheres viam-se então obrigadas a exercer prostituição, até saldarem a dívida de sete mil euros de que a organização se dizia credora.
Todas as mulheres eram mantidas reclusas numa casa grande, com 26 habitações, situada na zona de Bellavista, em Sevilha.
Além dos 16 detidos, foram identificadas mais 13 mulheres.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)