Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Prace compromete chefias

Setenta e cinco por cento dos funcionários públicos considera que organismos e chefias estão comprometidos na implementação do PRACE, segundo conclui o relatório da Deloitte "A mudança na Administração Pública", divulgado esta segunda-feira.
7 de Abril de 2008 às 17:34

O relatório refere que o conhecimento dos objectivos e impactos do Programa de Reestruturação da Administração Central do Estado (PRACE) é mais elevado nos inquiridos do Ministério da Agricultura, justificado pelo maior avanço no processo de mobilidade especial.

"A mudança na Administração Pública" é um relatório que resulta de um inquérito conduzido pela Deloitte, em parceria com o INA - Instituto Nacional da Administração, no âmbito do 5º Congresso Nacional da Administração Pública, que se realizou no final de Outubro do ano passado.

Mais de 45 por cento dos inquiridos aponta como um dos pontos negativos da Administração Pública a falta de recursos humanos qualificados e 15 por cento sugere que a resolução deste problema passa pela formação.

Quanto ao novo sistema de avaliação, 77,1 por cento dos inquiridos diz conhecê-lo, mas esta percentagem desce para 71,7 por cento quando se refere o envolvimento da gestão dos organismos neste processo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)