Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

PRAIAS DA COSTA PERDEM AREIA

Primeiro sábado com "cheirinho" a Verão de verdade e já as praias da Costa de Caparica se encheram ontem de gente, tal como na Linha do Estoril e mesmo as mais desabrigadas, como a do Guincho, junto à serra de Sintra. O bom tempo vai continuar até terça-feira, sendo de esperar, já hoje, nova corrida às praias.
11 de Maio de 2003 às 00:05
Mas este ano, na Costa, subsiste o mistério: do lado de São João e até à praia junto ao restaurante "O Barbas", os areais foram levados pelo mar.
Para Francisco Ferreira,da organização ambientalista Quercus, as entidades responsáveis não souberam ainda dar uma resposta satisfatória sobre o desassoreamento da costa, pois a invernia, segundo este interlocutor, não foi demasiado rigorosa em termos de ventos, ondas e marés.
"Não houve monotorização da zona, pelo que é difícil dizer-se o porquê da situação e de se saber até que ponto irão resultar as medidas tomadas pelo Instituto Nacional da Água (INAG) e as consideradas no âmbito do Plano de Ordenamento da Orla Costeira", afirmou Francisco Ferreira.
Posição completamente oposta é a de Orlando Borges, do INAG, que considera que o Inverno foi rigoroso e que a orla da Costa de Caparica foi duramente afectada.
"Este ano e em toda a linha da costa portuguesa, nomeadamente na Costa de Caparica, houve condições excepcionais de agitação marítima, que fez estragos vários, mesmo nos apoios de praia", disse Orlando Borges.
Para minorar os efeitos do mar, o INAG está a reforçar o cordão de mar, no sentido de proporcionar uma maior protecção costeira.
Polémicas à parte, os utentes da Costa de Caparica constatam a diminuição dos areais, que desde há dezenas de anos vêm sendo reduzidos.
Neste primeiro dia já com ar a Verão, milhares de pessoas passearam-se no paredão da Costa, apesar de dezenas de carros circularem impunemente no local.
Nos areais das praias a sul da vila, já muitos "pré-veraneantes" a desafiar a frialdade das águas marítimas e, também no clássico "trabalhar para o bronze" ou seja, abandonar os tons pálidos do Inverno para adquirir uns invejáveis tons de moreno... E nos bares da praia, o negócio começou a florescer e a compensar, com as esplanadas a abarrotar de clientes.
algarve cheio
Também no Algarve, onde a temperatura do ar rondou os 25 graus, as praias registaram uma boa afluência de pessoas, fazendo lembrar alguns dias de Verão.
Alexandra Augusto, uma lisboeta que, com o namorado, optou por passar o fim-de-semana em Armação de Pêra, mostrava-se entusiasmada com o tempo que se fazia sentir, referindo "estar mesmo bom para a praia".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)