Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Praxe na natação leva a suspensão e a despedimento no clube Bairro dos Anjos

Um dos atletas, de 14 anos, recusou rapar o cabelo e por isso foi humilhado e abandonado no parque de estacionamento.
Isabel Jordão 5 de Outubro de 2022 às 09:45
O clube Bairro dos Anjos (BA), de Leiria, despediu o coordenador de natação de competição, João Paulo Fróis, e aplicou dez dias de suspensão sem direito a salário nem contagem de tempo ao treinador de infantis, Pedro Silva, na sequência de uma praxe realizada em Badajoz, durante um evento.

Um dos atletas, de 14 anos, recusou rapar o cabelo e por isso foi humilhado e abandonado no parque de estacionamento do complexo desportivo espanhol, sendo afastado da equipa. Os dois técnicos foram alvo de processo disciplinar, mas apenas João Paulo Fróis foi suspenso e agora despedido, por o clube entender que teve “maior responsabilidade” nos factos “e porque já em território português foram acrescentados um ato de desobediência e uma alegada tentativa de dissuadir testemunhas de não exercerem esse direito, com alegada ameaça de expulsão do seu educando, outro atleta do BA”. Os pais do atleta visado apresentaram uma queixa-crime no Ministério Público de Leiria, por coação, assédio moral, bullying e exposição ou abandono e já prestaram declarações em sede de inquérito.

Leiria Badajoz questões sociais futebol
Ver comentários