Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Predador da Internet abusa sexualmente de jovem num parque em Lisboa

Homem, de 22 anos, já tem cadastro por crimes de pornografia de menores, coação sexual e violação.
Miguel Curado 7 de Maio de 2021 às 08:52
Prisão
Prisão FOTO: Getty Images

Um empregado de armazém, de 22 anos, foi preso pela Polícia Judiciária de Lisboa por abusar de uma jovem, de 18, que seduziu nas redes sociais. O crime ocorreu num parque público.

O jovem já tem cadastro. Cumpriu sete meses de prisão preventiva e foi condenado a três anos de cadeia, pena suspensa, por crimes de pornografia de menores, coação sexual e violação.

Em finais de 2020, conheceu a vítima nas redes sociais. Em janeiro deste ano, a rapariga encontrou-se com ele acompanhada de uma amiga e depois aceitou um encontro a sós. Foi nesta ocasião, num parque em Benfica, que o predador abusou dela. Aterrorizada, a jovem fugiu, e apresentou queixa.

O homem foi preso na terça-feira por inspetores da secção de crimes sexuais da PJ de Lisboa.

O juiz colocou-o em prisão preventiva e a PJ procura agora identificar outras vítimas do criminoso, cuja existência classifica como "possível".

predador internet parque abusos sexuais
Ver comentários