Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Predador sexual português faz seis vítimas na Galiza

Bruno Miguel, de 39 anos, abusava sexualmente das mulheres. Atacava de madrugada
17 de Março de 2014 às 16:04
Bruno Miguel, operário de 39 anos, está em prisão preventiva
Bruno Miguel, operário de 39 anos, está em prisão preventiva FOTO: Direitos Reservados

Quando atacava as mulheres, sempre às primeiras horas da manhã, o predador Bruno Miguel, 39 anos, estava encapuzado e em duas das situações usou uma faca para ameaçar as vítimas e abusar delas sexualmente. Pretendia desta forma evitar que nenhuma delas oferecesse resistência. O português atuava em Ferrol, perto da Galiza, em Espanha, onde trabalhava até 2012. Atacou um total de seis mulheres.

Foi apanhado e o caso já está a ser julgado. As vítimas, que eram levadas para locais isolados, já prestaram declarações em tribunal e todas reconheceram o autor dos crimes. O Ministério Público pediu uma pena de 13 anos de prisão e o pagamento de indemnizações às vítimas - uma delas médica de profissão.

Duas mulheres ficaram feridas com a faca que tiveram encostada ao pescoço. O arguido, em prisão preventiva, falou aos juízes e disse que apenas confessava um episódio, em que foi detido em flagrante delito na noite de passagem do ano de 2012.

Há muito que a polícia espanhola procurava o predador português. Foi montada uma ação policial que ficou conhecida por ‘operação Madrugada'. Para os crimes, Bruno Miguel usava o seu carro pessoal e estacionava junto às vítimas.

Bruno Miguel prisão preventiva violador abusos sexuais Ferrol Galiza Ministério Público
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)