Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

PRESENTE A TRIBUNAL POR SUSPEITA DE SEQUESTRO

Um indivíduo de 18 anos, servente de pedreiro, é hoje presente a tribunal, em Portimão, por suspeita de sequestro de uma menor, a que se juntam ainda um roubo e agressões a agentes da PSP, na esquadra daquela força.
11 de Novembro de 2002 às 00:06
Um telefonema do pai do jovem para a PSP, dando conta que este mantinha sequestrada em casa uma menor de 14 anos, alegadamente fechada num roupeiro, levou aquela força policial a dirigir-se para o local, na noite de anteontem, mas na confusão gerada tanto o presumível sequestrador como a rapariga – que saltou por uma janela – acabaram por escapar.

Poucas horas depois de ter escapado aos agentes, o servente de pedreiro abordou uma outra jovem, numa rua do centro da cidade de Portimão (França Borges) e, para além de extorquir-lhe cinco euros em moedas - todo o dinheiro que ela transportava consigo, exigiu ainda… um beijo.

A vítima contactou amigos, que se encontravam num bar situado nas proximidades, os quais deram conta do sucedido à PSP, vindo o indivíduo a ser localizado pouco depois, num estabelecimento comercial da Rua do Comércio.

Já nas instalações da PSP, o indivíduo continuou a dar mostras de grande irritabilidade e maltratou alguns agentes, para além de partir um acrílico à cabeça, o que lhe provocou um golpe pouco profundo na testa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)