Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Preso em fuga fingia ser irmão

Condenado por tráfico de droga e associação criminosa foi capturado pela PJ de Faro.
18 de Abril de 2013 às 01:00

Cumpria uma pena de sete anos por tráfico de droga e associação criminosa e aproveitou uma saída precária para escapar à cadeia. Fugiu para Espanha e para iludir as autoridades, fingia ser o irmão. Mas não conseguiu iludir a Polícia Judiciária (PJ), que o capturou numa operação na fronteira de Castro Marim.

A captura aconteceu anteontem. Victor ‘Batata’, como era conhecido, tem 52 anos e fugiu da cadeia de Pinheiro da Cruz, em Grândola, em setembro de 2012. Ao que o CM apurou, vivia entre Tavira e Espanha nos últimos meses. Como é muito parecido com o irmão, usava os seus documentos quando as autoridades lhe pediam a identificação. Mas anteontem foi detetado e capturado pela PJ, que participava numa operação de controlo móvel junto à fronteira do Guadiana. Exibiu o passaporte e a carta de condução do irmão, mas, ao que o CM soube, um dos inspetores reconheceu-o de investigações anteriores e avançou para a detenção.

Para além dos crimes praticados em Portugal, ‘Batata’ tem ainda antecedentes criminais em Espanha por tráfico de droga. O foragido foi encaminhado para a cadeia de Pinheiro da Cruz e vai ainda ser acusado do crime de usurpação de identidade. 

castro marim preso fuga tráfico droga pj
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)