Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Preso ladrão violento

José saiu da cadeia em Novembro, para onde já voltou ontem em prisão preventiva acusado de vários crimes de roubo, agravados por actos de extrema violência. Duas das vítimas que atacou foram esfaqueadas no pescoço com gravidade.
5 de Fevereiro de 2010 às 00:30
Suspeito saiu ontem do tribunal para a cadeia, onde está em preventiva
Suspeito saiu ontem do tribunal para a cadeia, onde está em preventiva FOTO: José Rebelo

No espaço de um mês, a investigação policial detectou quinze roubos, no valor de cerca de dois mil euros, praticados no centro do Porto. José foi detido anteontem pela PSP e sujeito a reconhecimento pela maioria das vítimas, algumas das quais se mostraram muito perturbadas ao ver o agressor.

O homem de 28 anos tem cadastro desde os 16 e já cumpriu cerca de dez anos de prisão. Os alvos eram quase sempre jovens que abordava em ruas pouco movimentadas e sobretudo à noite. Pedia um cigarro ou solicitava uma informação para depois apontar uma faca às vítimas. Roubava todos os bens que elas tinham e se encontrasse um cartão bancário obrigava-as a ir ao multibanco levantar todo o dinheiro possível.

O ladrão aterrorizava as vítimas que ameaçava esfaquear, o que aconteceu pelo menos duas vezes. Uma outra jovem começou a chorar e suplicou que ele não a ferisse, mas o agressor ficou ainda mais violento. Ontem voltou para a cadeia de Custóias.

Ver comentários