Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Primeira casa para acolher portadores de doenças raras

A primeira casa destinada a acolher e apoiar pessoas com deficiências mentais e raras, que afectam cerca de 7.000 portugueses, vai ser construída na Moita, em meados de 2007, estando a conclusão prevista para 2009, revelou a Raríssimas – Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras.
20 de Novembro de 2006 às 17:25
Designada “Casa dos Marcos”, o centro funcionará não apenas como residência, como também Centro de Actividades Ocupacionais (CAO), representando um investimento total de 3,5 milhões de euros, num empreendimento com 7 mil metros quadrados.
Segundo a associação, o “projecto pioneiro vem tapar uma lacuna da comunidade portuguesa no apoio às famílias com deficiências mentais e raras que, na maior parte das vezes, se sentem desorientadas e sem ajuda".
São conhecidas cerca de 7.200 doenças raras a nível mundial, em Portugal, 300 foram já encontradas em doentes. A nível europeu as estimativas apontam para que seis a oito por cento da população (24 a 30 milhões) sofra deste tipo de doenças.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)