Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Primos feirantes sovados

Assim que abriu a porta, o feirante Lúcio Borges, de 27 anos, levou com a coronha de uma caçadeira na boca, sendo depois espancado por seis homens dentro da sua própria casa, no Paço do Lumiar, Lisboa.
16 de Outubro de 2009 às 00:30
Lúcio Borges sofreu ferimentos na cabeça. Ficou ainda sem dois dentes
Lúcio Borges sofreu ferimentos na cabeça. Ficou ainda sem dois dentes FOTO: Manuel Moreira

Horas antes, ainda na manhã de domingo, os mesmos agressores amarraram o primo a uma árvore e bateram-lhe até este ficar inconsciente. Ali ficou durante três horas.

Na origem das agressões  estará o roubo de várias aves destinadas a venda na Feira das Galinheiras. “Eles pensam que estivemos envolvidos no roubo, mas não. Vendemos pássaros na feira mas somos nós que os apanhamos”, conta Lúcio, que recebeu assistência no Hospital de Santa Maria devido a vários hematomas na cabeça, membros e por lhe terem partido dois dentes.

“Eles foram muito agressivos e, antes de se irem embora, ainda me roubaram coisas da casa e 140 euros em dinheiro”, relata a vítima ao CM. Lúcio refugiou-se na casa de um vizinho e os agressores fugiram.

PORMENORES

ARMADOS

Tudo indica que eram seis os agressores, com idades entre 16 e 50 anos. Tinham uma pistola e uma caçadeira.

ROUBADOS

Os agressores levaram da casa de Lúcio uma PlayStation, mobília, um rádio, 140 euros e dois pássaros.

IDENTIFICADO

Lúcio reconheceu um dos agressores, ao que tudo indica também feirantes nas Galinheiras. A PJ investiga.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)