Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Prisão preventiva para homem que esfaqueou quatro pessoas em Guimarães

Joaquim das Neves Ferreira vai aguardar julgamento no Estabelecimento prisional de Braga.
Liliana Rodrigues e Fátima Vilaça 22 de Abril de 2019 às 18:08
Justiça
Justiça
Justiça
Justiça
Justiça
Justiça

Joaquim das Neves Ferreira, o homem que esfaqueou quatro pessoas em Guimarães, tendo os ferimentos resultado na morte de uma das vítimas vai aguardar julgamento em prisão preventiva e já recolheu ao Estabelecimento prisional de Braga. 

O arguido, de 52 anos, está indiciado por quatro crimes: um homicídio e três tentativas de homicídio depois de na noite deste sábado ter esfaqueado quatro pessoas na espalanada de um café em Fermentões, no concelho de Guimarães.

Na origem do ataque terá estado o alegado ruído dos clientes que estavam na esplanada do café e Joaquim Ferreira terá decidido acabar com o barulho, atacando quatro pessoas ao acaso.

Maria José Dias foi repetidamente golpeada no peito e pescoço. A mulher, de 46 anos, mãe de cinco filhos, dois ainda menores, morreu horas depois no hospital. O filho, de 26 anos, sofreu ferimentos graves, mas não corre risco de vida. Feriu ainda mais duas pessoas.

Apesar de ainda haver vários clientes no café, ninguém se terá apercebido das agressões. Os gritos das vítimas terão chamado a atenção dos clientes, que deram o alerta às autoridades, mas o agressor já tinha escapado.

Agentes da PSP ainda fizeram diligências para tentar localizar o homicida que, horas depois, acabou por se entregar na esquadra, em Guimarães, ainda com a faca do crime na mão. Foi detido pela PJ de Braga.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)