Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Prisão preventiva para jovem que matou pai ao atear fogo à casa em Penacova

Homem de 27 anos planeava fugir após o crime.
Correio da Manhã e Lusa 18 de Março de 2021 às 17:15
Frederico acompanhado das autoridades durante a reconstituição feita terça-feira à tarde
Frederico acompanhado das autoridades durante a reconstituição feita terça-feira à tarde FOTO: Ricardo Almeida
O Tribunal de Coimbra decretou hoje prisão preventiva para o jovem de 27 anos suspeito de ter matado o pai em Penacova, na terça-feira.

O jovem está indiciado pela prática de um crime de homicídio qualificado, um crime de profanação de cadáver e um crime de incêndio, disse fonte do Tribunal de Coimbra.

Para além da prisão preventiva, o arguido está também proibido de contactar por qualquer meio com testemunhas presentes nos autos, acrescentou a mesma fonte.

O jovem entregou-se às autoridades na terça-feira, após terminadas as buscas nos destroços da casa onde vivia com o pai, de 54 anos, na localidade de Sazes do Lorvão, concelho de Penacova.

Nas operações, foi encontrado o cadáver do progenitor do arguido.

Os operacionais ainda realizaram buscas à procura de um possível segundo corpo, que seria o do filho.

O alerta para o incêndio foi dado na madrugada de terça-feira.

Lorvão Sazes Penacova mata pai fogo incêndio
Ver comentários