Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Prisão preventiva para militar da GNR que abusava sexualmente de enteada

Suspeito de 30 anos da GNR de Mortágua foi detido após denúncias.
Correio da Manhã 13 de Fevereiro de 2020 às 18:26
A carregar o vídeo ...
Prisão preventiva para militar da GNR que abusava sexualmente de enteada
Ficou em prisão preventiva o militar da GNR de Mortágua que tinha sido detido por abusar sexualmente da enteada menor. A medida de coação foi conhecida esta quinta-feira.

Recorde-se que o suspeito, de 30 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) após investigação e denúncias a relatar os abusos sobre a menor, filha da companheira.
O militar passou a noite de terça-feira nos calabouços da GNR de Santa Comba Dão. Estava previsto que fosse ouvido durante esta quarta-feira mas, devido às diligências que ainda decorriam, foi presente a juiz esta quinta-feira.
GNR Mortágua crime lei e justiça prisão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)