Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Prisão preventiva para pais que abusaram sexualmente de filha durante oito anos em Peniche

A vítima também se deslocou ao tribunal de Leiria e prestou declarações.
Correio da Manhã 22 de Setembro de 2022 às 11:21
A carregar o vídeo ...
peniche
Os pais que abusaram sexualmente da filha menor, durante oito anos, ficaram, esta quinta-feira, em prisão preventiva, enquanto decorre a investigação do caso.

Esta quarta-feira, a vitima também se deslocou ao tribunal de Leiria, acompanhada por uma familiar, e prestou declarações para memória futura.

De acordo com a Polícia Judiciária de Leiria, que esta quarta-feira anunciou a detenção de marido e mulher, de cerca de 40 anos, a violação da menina pelo pai tinha como pretexto "a formação e preparação da vítima para o seu desenvolvimento sexual futuro". A mãe era cúmplice: saberia de todos os crimes cometidos pelo homem.

O casal foi esta quarta-feira presente a juiz. O interrogatório prosseguiu esta quinta-feira e foi anunciada prisão preventiva para ambos.

Os crimes terão começado ainda a menina não tinha 10 anos. Foi da escola que, ao se aperceberem dos sinais que a vítima apresentava e ia dando a conhecer, partiu o alerta.

A Polícia Judiciária foi informada das suspeitas e os inspetores foram para o terreno. Encontraram indícios do terrível crime e promoveram "de imediato o afastamento dos agressores" da vítima.

Após mais diligências de investigação "adequadas", a PJ propôs ao Ministério Público "a emissão dos mandados de detenção, agora cumpridos".
Peniche crime lei e justiça
Ver comentários