Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Prisão preventiva para toxicodependente suspeito de assassinar freira em São João da Madeira

Alfredo, conhecido como Tito, asfixiou a vítima e violou-a depois de morta.
Correio da Manhã e Paulo Jorge Duarte 10 de Setembro de 2019 às 14:23
A carregar o vídeo ...
Alfredo, conhecido como Tito, asfixiou a vítima e violou-a depois de morta.
O suspeito de ter asfixiado até à morte com um golpe de mata-leão uma freira, de 61 anos, em São João da Madeira, ficou em prisão preventiva. 

Alfredo de 45 anos, toxicodependente conhecido pela alcunha de Tito, foi esta terça-feira ouvido no Tribunal de Instrução Criminal de Santa Maria da Feira. 'Tito' ficou em prisão preventiva por estar fortemente indiciado pelos crimes de homicídio qualificado, violação qualificada, sequestro e roubo. 

O corpo de 'Tona' foi encontrado pelo irmão do assassino, que alertou as autoridades às 15h00. O homem violou depois a vítima, já cadáver e abandonou a habitação onde vivia com a mãe. 

A vítima, que se tornou freira aos 21 anos, era muito querida pela população de S. João da Madeira. Visitava idosos e doentes nos hospitais. Agora vivia com a mãe, de quem cuidava. Foi a mãe, estranhando não ver Tona na missa, quem deu conta do desaparecimento da filha à polícia e ligou aos hospitais, preocupada com a situação inusitada.
São João da Madeira crime lei e justiça
Ver comentários