Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

MP acusa 35 arguidos no processo 'Rota do Cabo' por corrupção no SEF, Fisco e Segurança Social

Investigação foi dirigida pelo Ministério Público da 4ª secção do DIAP de Lisboa.
Sérgio A. Vitorino 29 de Outubro de 2020 às 19:13
SEF
Tribunal
SEF
Tribunal
SEF
Tribunal

O Ministério Público anunciou esta quinta-feira ter acusado 35 arguidos no processo ‘Rota do Cabo’, que investigou rede de corrupção no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Autoridade Tributária e Segurança Social. Em causa estão os crimes de associação e de auxilio à imigração ilegal, casamento ou união de conveniência, falsificação de documentos qualificado, abuso de poder, corrupção ativa e passiva, branqueamento, associação criminosa, falsidade de testemunho, falsidade informática e detenção ilegal de arma.

Entre os acusados estão quatro advogados, uma inspetora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, dois funcionários da Autoridade Tributária e Aduaneira e dois funcionários da Segurança Social.

A investigação foi dirigida pelo Ministério Público da 4ª secção do DIAP de Lisboa com a coadjuvação da Unida Nacional Contraterrorismo da Polícia Judiciária.

Ver comentários