Procurado por espalhar terror em cinco roubos

Polícia Judiciária tenta encontrar solitário que atacou na manhã a seguir às Presidenciais.
Por Sérgio A. Vitorino|31.05.17
Portugal estava ainda na ressaca das Presidenciais, que, na véspera, elegeram Marcelo Rebelo de Sousa, quando o homem atacou.

A 26 de janeiro de 2016, de manhã, o solitário com um revólver assaltou cinco estabelecimentos no Estoril, Parede e Lisboa. Fugiu com centenas de euros e deixou para trás lojistas em pânico. O assaltante, traído pela videovigilância dos comboios da linha de Cascais – que utilizou para se deslocar de uns crimes para os outros e cujas imagens o CM revela hoje em exclusivo –, é procurado pela PJ, que o tenta ainda identificar.
Procurado por espalhar terror em cinco roubos


Utilizou sempre um pequeno revólver, com o qual ameaçou as vítimas, fugindo depois com o dinheiro da caixa.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!