Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Procuradora-geral da República pede atenção para as vítimas

"O tempo de resposta do sistema é condição essencial para dar confiança às vítimas", disse Lucília Gago.
A.I.F. 17 de Maio de 2019 às 09:15
Lucília Gago, PGR
Procuradora-Geral de República, Lucília Gago
Lucília Gago, Procuradora-Geral da República
Lucília Gago, Procuradora-Geral da República
Lucília Gago, PGR
Procuradora-Geral de República, Lucília Gago
Lucília Gago, Procuradora-Geral da República
Lucília Gago, Procuradora-Geral da República
Lucília Gago, PGR
Procuradora-Geral de República, Lucília Gago
Lucília Gago, Procuradora-Geral da República
Lucília Gago, Procuradora-Geral da República
A procuradora-geral da República disse esta quinta-feira que é necessário dar mais atenção às vítimas especialmente vulneráveis, como é o caso das vítimas de violência doméstica e de crimes sexuais.

"O tempo de resposta do sistema é condição essencial para dar confiança às vítimas. Quanto mais demorar a resposta, mais aumenta a sua vulnerabilidade", disse Lucília Gago na Conferência Regional Europeia da Associação Internacional de Procuradores.

A PGR diz ainda estar atenta ao cibercrime.

Em cada comarca há agora um procurador especializado na área.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)