Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Produziam quase 3 mil CD piratas por dia

Militares da Brigada Fiscal (BF) da GNR de Pedrouços, em Lisboa, apreenderam anteontem a um casal, residente na Pontinha, Loures, material informático capaz de produzir quase 3 mil CD piratas por dia. A apreensão, uma das de maior importância da história da BF, foi estimada em 88 mil euros.
19 de Novembro de 2005 às 00:00
O material apreendido tem um valor estimado de 88 mil euros
O material apreendido tem um valor estimado de 88 mil euros FOTO: d.r.
A investigação foi desencadeada por uma denúncia apresentada pela Associação Fonográfica Portuguesa. Após alguns meses de trabalho de campo, os militares da BF de Pedrouços chegaram até um casal, residente na Pontinha, que, por diversas vezes, foi visto a fazer entregas nocturnas de CD e DVD pirateados, em potentes automóveis.
Anteontem, na posse dos necessários mandados de busca domiciliária, os militares passaram a ‘pente fino’ a casa dos suspeitos.
No interior, foram encontradas 10 torres de gravação, 4600 CD e DVD pirateados, computadores, impressoras e variado equipamento de arquivo.
“Só uma das torres de gravação apreendida permitia gravar seis a sete títulos de cada vez, possibilitando produzir entre 2500 a 3000 CD por dia. O material destinava-se principalmente à venda em mercados e feiras nacionais”, disse ao CM fonte da Brigada Fiscal.
A investigação prossegue, buscando agora a apreensão do material fornecido à rede de clientes. Os suspeitos foram constituídos arguidos e podem incorrer numa pena até três anos e em pesadas multas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)