Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Promete telemóvel novo para violar prima menor e foge para França

Crime aconteceu a 27 de março, durante o período de confinamento.
Liliana Rodrigues 12 de Agosto de 2020 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Promete telemóvel novo para violar prima menor e foge para França
Aproveitou a relação de proximidade familiar para convencer a prima, de 16 anos, a deslocar-se até à casa onde estava a residir, em Águas Santas, na Maia.

Prometeu à jovem que tinha um telemóvel novo para lhe dar, mas, quando a vítima chegou à habitação, foi logo atacada e violada pelo primo, de 38 anos, apesar de se ter debatido para tentar evitar a violação. O homem atuou numa altura em que sabia que ia estar sozinho em casa. A jovem nunca desconfiou das intenções do familiar.

O ataque aconteceu no passado dia 27 de março, durante o período de confinamento que o violador passou em Portugal. Depois, regressou a França, onde trabalha na construção civil, mas foi apanhado ao chegar de novo a território nacional para gozar um período de férias. Os inspetores da Policia Judiciária do Porto detiveram o violador que, ontem à tarde, foi presente a tribunal para ser ouvido por um juiz em primeiro interrogatório judicial.
Quando regressou a casa, a jovem contou logo aos pais o terror que tinha vivido às mãos do primo, em quem os pais sempre confiaram e que convivia com a menina desde que nasceu.

Os progenitores contactaram imediatamente as autoridades policiais e fizeram queixa do suspeito, mas o operário da construção civil voltou para França para trabalhar, tendo apenas regressado este mês.

O predador sexual está indiciado de um crime de violação agravada e arrisca uma pena de prisão até dez anos.

França Maia Águas Santas questões sociais crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)