Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Prometia a legalização

A GNR de Almada deteve um homem que nos últimos seis meses fez-se passar por inspector do SEF e, com a promessa de uma legalização rápida burlou, pelo menos, cinco estrangeiros.
19 de Julho de 2007 às 19:40
O falso inspector cobrava 500 euros às suas vítimas e ainda ficava-lhes com os passaportes.
As primeiras queixas chegaram ao conhecimento das autoridades há seis meses e, desde então, o Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Almada da GNR desenvolveu diligências para apurar o autor destas burlas.
Hoje, os militares da GNR detiveram o suspeito, um homem de 37 anos, em Carnaxide, no cumprimento de mandados de detenção e busca domiciliária. Na residência do indivíduo foram apreendidos os passaportes das vítimas burladas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)