Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Prosseguem demolições no Fim do Mundo

Começaram ao início da manhã desta terça-feira os trabalhos de demolição de 12 barracas ainda existentes no Bairro do Fim do Mundo, em Cascais, perante a indignação das 26 pessoas que ali viviam, que dizem que vão ficar desalojadas.
22 de Janeiro de 2008 às 12:13
Um elemento da Associação de Solidariedade Imigrante, que acompanha os trabalhos de demolição, confirmou que os residentes que ainda permaneciam no bairro vão ficar desalojadas, chamando a atenção particular para o caso de uma idosa doente.
Estas acusações são, no entanto, negadas pela autarquia de Cascais, que, num comunicado divulgado segunda-feira, garantiu que nenhuma família do Bairro do Fim do Mundo ficará desalojada devido à demolição das barracas.
A autarquia informou que o realojamento das famílias afectadas pelas demolições foi “devidamente acautelado” e que serão realojadas em empreendimentos de habitação social do concelho. Ainda hoje, os moradores vão deslocar-se à Câmara para tentar esclarecer a situação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)