Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Psicopata condenado volta hoje a tribunal

Rúben Costa obrigou menor a prostituir-se e ameaçou-a. Vai cumprir nove anos de prisão.
Tiago Virgílio Pereira 14 de Agosto de 2019 às 09:37
Tribunal de Viseu
Tribunal de Viseu
Tribunal de Viseu
Tribunal de Viseu
Tribunal de Viseu
Tribunal de Viseu
Fernanda Costa, 44 anos, burlou cerca de uma dezena de turistas idosos franceses em vários milhares de euros, através de sites de encontros na internet. A mulher, que usava o nome falso de Charlotte, prometia cuidar dos homens, acompanhá-los e até casar. Mas era tudo fachada.

A verdade é que os turistas quando chegavam a uma luxuosa casa às portas de Viseu eram obrigados a entregar os cartões de débito e crédito com os respetivos códigos. A mulher fez compras, pagamentos e transferências de milhares de euros.

No esquema, com a função de ameaçar e agredir as vítimas, estavam também envolvidos o marido, um amigo e o filho, Rúben Costa, de 24 anos. Os quatro foram julgados ao longo dos últimos cinco meses e esta quarta-feira conhecem a decisão do Tribunal de Viseu.

Rúben, que sofre de uma perturbação de personalidade antissocial que o torna num psicopata, segundo uma perícia pedida pelo tribunal, já foi condenado a nove anos de prisão por obrigar uma jovem de 17 anos a prostituir-se.

Em 2017, a menor fugiu de uma instituição e ficou em casa de Rúben, que filmou as relações sexuais que mantinham, e ameaçou difundir o vídeo caso esta se recusasse a manter relações com outros homens a troco de dinheiro.

A menor atendia quatro clientes por dia no carro. Voltou depois à instituição, mas acabou por sair. Tentou ter uma vida normal, mas perdeu o emprego e voltou à prostituição. Sempre sob as ordens de Rúben. Se recusasse era agredida a murro e pontapé. Rúben terá de pagar à mulher 35 mil euros.

PORMENORES
Crimes
Os quatro elementos do esquema respondem por burla, abuso de confiança, sequestro, acesso ilegítimo, furto, ofensa à integridade física, posse ilegal de arma e falsificação de documentos.

Pedida cadeia
O Ministério Público pediu 10 anos de prisão para Fernanda Costa. Para o marido, entre oito a nove anos, para Rúben seis a sete anos, para pediu o amigo entre e oito a nove anos.

Alteração
O Tribunal de Viseu comunicou uma alteração não substancial dos factos quanto ao crime de burla informática que passou da forma simples para agravada devido aos montantes envolvidos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)