Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

PSP CAÇA DESCODIFICADORES DE TV NOS AÇORES

A PSP dos Açores desencadeou ontem uma acção de combate à venda ilegal de equipamento digital de acesso a canais codificados da TV Cabo. Além do equipamento apreendido, seis pessoas foram detidas em S. Jorge e outra na ilha do Pico. Mas um responsável da PSP, em declarações ao Correio da Manhã, admitiu que as investigações vão continuar.
5 de Maio de 2004 às 00:00
A operação, desencadeada por elementos da Esquadra de Investigação Criminal de Vila de Velas, em colaboração com a secção respectiva em Angra do Heroísmo, poderá, contudo, transitar para a alçada da PJ em breve. “É muito fácil que isso venha a acontecer”, admitiu a fonte.
Aos seis homens detidos pela PSP em S. Jorge, com idades entre os 29 e os 56 anos, e nas suas residências, foi apreendido diverso material, descodificadores adulterados e equipamento de adulteração – computadores e programas informáticos.
Os descodificadores, ou ‘boxes’, depois de modificadas, permitem o acesso, sem custos, aos diversos canais pagos oferecidos no serviço de televisão por cabo.
Alegando que as investigações ainda não terminaram, o responsável da PSP dos Açores não quis adiantar muitos pormenores sobre a actividade dos detidos, usando a mesma resposta – “Prefiro não comentar” – para questões relacionadas com o método de adulteração, o custo das transformações ou o alcance dos serviços.
A PSP dos Açores actuou no cumprimento de sete mandados de busca a outras residências em S. Jorge e no Pico. Os detidos foram ouvidos em Tribunal durante o dia de ontem. De acordo com a TV Cabo, tratou-se da primeira acção desta envergadura nos Açores contra a pirataria – um crime punido com pena até três anos de prisão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)