Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

PSP espancado em discoteca

Uma reclamação por atraso no atendimento na discoteca Dock’s, em Lisboa, levou a que um agente da PSP dos Olivais, de 26 anos, fosse espancado por funcionários do estabelecimento. A própria vítima conseguiu prender dois dos agressores, mas sofreu uma fractura no nariz .
17 de Janeiro de 2011 às 00:30
Vítima é polícia na 2.ª Divisão do Comando da PSP de Lisboa. Foi agredido dentro e fora do Dock’s
Vítima é polícia na 2.ª Divisão do Comando da PSP de Lisboa. Foi agredido dentro e fora do Dock’s FOTO: Mariline Alves

Ao que o CM apurou, o polícia alvo de agressão está colocado na Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial da 2ª Divisão da PSP de Lisboa. O agente estava fora de serviço quando foi ao estabelecimento de diversão nocturna.

Fonte oficial do Comando de Lisboa referiu que pelas 04h00, um atraso no atendimento levou a que o polícia falasse com o gerente do espaço. Um grupo de funcionários foi alertado e, como resposta à denúncia, espancou o agente a murro e pontapé. Mesmo após se ter identificado com o cartão da PSP, a vítima continuou a ser espancada, agora já no exterior da discoteca. Só a custo é que o polícia se ergueu e, sozinho, reteve dois dos agressores. Os restantes fugiram.

Foram chamados reforços da esquadra da Lapa, a quem os agressores foram entregues. O polícia foi assistido no Hospital de São Francisco Xavier. Sofreu uma fractura no nariz e teve alta. Saiu com uma máscara protectora. O CM contactou a empresa proprietária do Dock’s no local e telefonicamente, mas não recebeu resposta .

LISBOA PSP DISCOTECA ESPANCADO
Ver comentários