Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

PSP herói salva mulher da morte

Um agente da PSP de Almada salvou anteontem uma mulher de 43 anos da morte. O polícia seguia para um gratificado quando, ao passar pela ponte do Pragal, viu um popular a tentar evitar que a mulher se lançasse para o pavimento no acesso à ponte 25 de Abril. Hugo Schikoria, o agente, resgatou a suicida, enquanto o filho desta, de sete anos, assistia a tudo.

26 de Maio de 2011 às 00:30
Mulher de 43 anos que o agente Hugo Schikoria ajudou a salvar tinha saído do hospital em Dezembro
Mulher de 43 anos que o agente Hugo Schikoria ajudou a salvar tinha saído do hospital em Dezembro FOTO: Mariline Alves

Agente há oito anos, Hugo Schikoria faz serviço no Policiamento de Proximidade da PSP de Almada. "Ontem [anteontem] saí de serviço pelas 14h00, e pelas 15h45 ia fazer um gratificado ao Hospital Garcia de Orta", recordou ao CM o agente, 31 anos.

Uma mulher saiu-lhe ao caminho, pedindo-lhe ajuda urgente. "Encaminhou-me para cima do viaduto do Pragal, onde vi um popular a tentar, a custo, evitar que uma mulher corpulenta se atirasse para o garrafão de acesso à ponte 25 de Abril", conta o polícia.

Hugo Schikoria ajudou o popular mas, ao fazê-lo, quase caiu ele do viaduto. "Tive de fazer força com os pés para me equilibrar", diz. Celeste Gomes, a suicida salva, tinha deixado o filho com uma popular, dizendo que se ia matar. Com problemas psiquiátricos, a cabo-verdiana, residente com duas filhas, de 21 e 17 anos, e o filho, de 7, em Miratejo, Seixal, foi assistida no Hospital Garcia de Orta, Almada. Teve alta pelas 19h00 e regressou a casa com a família. 

Hospital Garcia de Orta Miratejo Seixal Pragal Almada Hugo Schikoria
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)