Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

PSP já apreendeu 1500 armas de fogo este ano

A PSP apreendeu este ano mais de 1500 armas de fogo, quase metade das que tinha apreendido no ano passado (3200). A cifra foi ontem divulgada pelo director nacional, superintendente-chefe Oliveira Pereira, durante a comemoração dos 143 anos desta força policial. No seu discurso, o responsável revelou ainda que em 2010 já foram apreendidos 4500 quilos de explosivos.
3 de Julho de 2010 às 00:30
No dia em que o director nacional divulgou números de apreensões de armas, polícia de Lisboa apreendeu arsenal na zona dos Olivais
No dia em que o director nacional divulgou números de apreensões de armas, polícia de Lisboa apreendeu arsenal na zona dos Olivais FOTO: Bruno Agostinho

A propósito, o Comando Metropolitano da PSP de Lisboa anunciou ontem a detenção de um homem de 35 anos, detido na posse de um arsenal doméstico de nove armas ilegais. Em apenas 24 horas, a Divisão de Investigação Criminal de Lisboa conseguiu localizar e prender o suspeito que, pelas 20h30 de quarta-feira, disparou vários tiros de revólver contra um autocarro da Carris, na zona dos Olivais.

Feita a busca domiciliária e à viatura do detido, foram-lhe apreendidos dois revólveres, três carabinas, três caçadeiras, uma pistola, e 5332 munições de vários calibres.

Além de recordar as apreensões de armas e explosivos, o director nacional da PSP frisou o "incremento do número de acções de fiscalização nos armeiros, estanqueiros e fábricas de explosivos", tendo sido feitas 1600 acções do género no ano passado.

Outra das novidades avançadas por Oliveira Pereira durante o discurso de celebração dos 143 anos da PSP, foi a da entrada em funcionamento de uma brigada de agentes especializados no patrulhamento em bairros históricos. "Trata-se de elementos policiais que se fazem transportar em moto quatro, próprias para zonas como o Bairro Alto, Alfama ou Mouraria. Esta equipa, para já, ficará situada no Comando da PSP de Lisboa", revelou o director nacional da PSP.

A concluir, o superintendente--chefe Oliveira Pereira adiantou ainda que está em fase de ultimação um estudo interno à PSP, que permitirá "orientar estrategicamente" esta força de segurança, com a valorização dos pontos fortes e redução das vulnerabilidades. O estudo teve como objecto 2500 polícias.

PORMENORES

RUI PEREIRA

A cerimónia dos 143 anos da PSP, ontem realizada na Praça do Império, em Lisboa, foi presidida pelo ministro da Administração Interna, Rui Pereira. O governante mostrou-se preocupado com a subida das agressões a polícias.

EXIBIÇÃO

Todas as valências da Polícia de Segurança Pública exibiram-se ontem na Praça do Império, em Lisboa. As cinco subunidades da Unidade Especial de Polícia demonstraram igualmente os meios humanos, bem como as viaturas e armamento.

SINTRA

Em dia de aniversário da PSP, a Polícia Judiciária de Lisboa anunciou ontem a detenção de uma estrangeira de 43 anos, pelo crime de posse ilegal de arma. Presa na quinta-feira, em Sintra, tinha uma pistola e duas facas. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)