Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

PSP mobilizada para segurança do Quarteto

A reunião do Quarteto para paz, que decorre esta quinta-feira e termina amanhã, em Lisboa, mobilizou todas as unidades da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Lisboa, num total de quase 7.500 agentes. Esta manhã, o trânsito na 2.ª circular foi interrompido na zona do Prior velho, para a passagem das delegações estrangeiras que estão a chegar ao aeroporto da Portela, tendo sido restabelecido por voltas das 11h00.
19 de Julho de 2007 às 09:38
Segundo fonte policial, a PSP terá a seu cargo estes dois dias a segurança pessoal e das comitivas da Secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, do Secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, do enviado especial do Quarteto para o Médio Oriente e antigo primeiro-ministro britânico, Tony Blair, e do ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Albro.
Estarão também presentes a Comissária Europeia Benita Ferrero-Waldner, e Javier Solana, Alto Representante da União Europeia para a Política Externa, além de membros do Governo Português e da UE.
De acordo com a sub-comissária da PSP Paula Monteiro, em declarações á rádio TSF, foi montada uma megaoperação que contará com os efectivos da PSP, elementos do grupo de Operações Especiais (GOE), na vertente de contra-snipers, e elementos do Centro de Inactivação de Explosivos e Segurança em Subsolo (CIEXSS).
A assegurar a reunião do Quarteto estará ainda um helicóptero da Força Aérea Portuguesa, tendo a bordo um comando operacional da PSP, avançou a sub-comissária, para observar os itinerários e se existem algum obstáculo ou risco às comitivas.
Apesar dos esforços reunidos em torno desta iniciativa, Paula Monteiro garantiu que o policiamento e as acções de rotina da PSP continuarão a ser realizadas. "A PSP é acima de tudo uma Polícia de Segurança Pública", frisou a responsável, pelo que o apoio e policiamento necessário ou solicitado pelos cidadãos será assegurado.
A reunião tem início esta quinta-feira, às 16h00, no Centro Cultural de Belém (CCB), sendo que o trânsito nas estradas circundantes estará cortado. No entanto, por questões de segurança, não foram ainda divulgadas as estradas que serão encerradas.
Recorde-se que uma das propostas em cima da mesa de conversações esta tarde, será a proposta norte-americana para a realização de uma nova conferência de paz para a Palestina, no próximo Outono.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)