Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

PSP reformado morre de mota

Desde que se reformou da PSP, há menos de um ano, que Manuel Carvalho, de 54 anos, gostava de ir de mota até à lota, na Apúlia, comprar peixe para o almoço. Ontem, no regresso a casa, às 10h15, o agente da PSP na reforma chocou de frente com um camião, na rua da Praia, em Barqueiros, Barcelos. Teve morte imediata. O motorista do pesado, de 30 anos, ficou em choque.

9 de Abril de 2011 às 00:30
Filho de Manuel Carvalho, foi confortado pelos colegas da GNR de Barcelos, junto ao cadáver do pai
Filho de Manuel Carvalho, foi confortado pelos colegas da GNR de Barcelos, junto ao cadáver do pai FOTO: Fátima Vilaça

"Como é que isto foi possível, ele passava aqui todos os dias. Como é que isto foi acontecer?", questionava, inconsolável, o filho mais velho, enquanto olhava para o cadáver do pai ainda estendido na estrada.

Manuel Carvalho, que trabalhou como PSP na Póvoa de Varzim, vivia em Barqueiros e deixa viúva e dois filhos, um deles militar da GNR no posto de Barcelos.

O acidente aconteceu cerca das 10h15, após uma curva, na rua da Praia, em Barqueiros.

Manuel regressava do seu passeio matinal, quando, em circunstâncias que estão a ser investigadas pela Divisão de Trânsito da GNR, chocou de frente com um camião.

Apesar de usar capacete, o polícia sofreu graves ferimentos na cabeça, que lhe causaram hemorragias intensas. Teve morte imediata.

"Aquelas tampas de saneamento e os buracos mesmo em cima da curva são um perigo", queixava-se uma moradora da freguesia, tentando encontrar uma explicação para a mota conduzida pelo polícia reformado ter saído da faixa de rodagem e chocado contra o pesado.

Apoiado pelos colegas de trabalho, o filho de Manuel, Hélder Carvalho, não saiu do local do acidente até o cadáver ser removido para o Instituto de Medicina Legal.

O funeral de Manuel Carvalho está marcado para hoje à tarde, na Igreja Paroquial de Barqueiros.

PSP morte colisão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)