Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

PSP suspende dirigente sindical

A Direcção Nacional da PSP decidiu suspender de forma preventiva o presidente do Sindicato Nacional de Polícia (Sinapol), Armando Ferreira, e avançar com a instauração de um processo disciplinar após a difusão de um pré-aviso de greve.
8 de Setembro de 2010 às 17:37
PSP suspende dirigente sindical
PSP suspende dirigente sindical FOTO: Vítor Mota

“Considerando a difusão do pré-aviso de greve e tendo presente as posteriores declarações prestadas aos órgãos de comunicação social pelo presidente da direcção do Sinapol, o director nacional da PSP determinou a instauração de um processo disciplinar e a sua suspensão preventiva, em virtude da manutenção em funções se revelar inconveniente para o serviço, por pôr em causa a subordinação da Polícia à legalidade democrática”, adiantou esta quarta-feira o porta-voz da PSP.

Em conferência de imprensa, Paulo Flor esclareceu que a suspensão preventiva aplicada a Armando Ferreira está em vigor por um período de 90 dias. O Sinapol revelou ontem um pré-aviso de greve para o período entre 19 e 21 de Novembro, precisamente quando Lisboa acolhe a cimeira da NATO, na qual participará, entre outros, o presidente dos EUA, Barack Obama.

Para a PSP, este pré-aviso de greve é ilegal. “É absolutamente inaceitável a convocação, preparação, organização ou realização de qualquer greve na PSP”, reforçou o porta-voz da PSP.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)