Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

PSP trava gang que fez 34 assaltos a restaurantes e bombas de combustível no Norte e Centro do País

Ladrões atuaram em 16 localidades de cinco distritos
Sérgio Pereira Cardoso 13 de Outubro de 2021 às 17:21

A Polícia de Segurança Pública, através da Divisão de Investigação Criminal do Porto, deteve três homens e duas mulheres, com idades entre os 27 e os 69 anos, suspeitos de 34 assaltos a bombas de gasolina, restaurantes e cafés, desde o início do ano. Roubaram máquinas de tabaco, milhares de euros e raspadinhas, entre outros bens.

Ao que o CM apurou, os três elementos masculinos eram os operacionais do grupo, todos fortemente cadastrados por crimes com arma de fogo e do concelho de Gondomar, sendo que pelo menos ligado ao gangue de Valbom e a uma tentativa de homicídio de um inspetor da Polícia Judiciária. 

Após estudarem os alvos, os assaltantes furtavam automóveis e trocavam as matrículas, tendo preferência por locais mais próximos de autoestradas. Atuaram, desde o início do ano, em diferentes 16 localidades de cinco distritos: Porto, Aveiro, Cacia, Cinfães, Oiã, Mealhada, Esmoriz, Espinho, Vila do Conde, Póvoa de Varzim, Caminha, Viana do Castelo, Paredes, Barcelos, Guimarães e Águeda. Arrombavam as montras ou as portas das lojas, recorrendo aos carros roubados, a marretas, cintas e ganchos. 

De acordo com o comissário João Soeima, a operação realizada na terça-feira envolveu 70 elementos de diferentes valências da PSP e com colaboração da GNR, que realizaram 15 buscas domiciliárias. Foram apreendidos 11 mil euros, assim como centenas de raspadinhas, armas de fogo de elevado calibre, um cofre, material usado nos assaltos, perto de 400 maços de tabaco e outros bens roubados.

 

PSP Polícia de Segurança Pública crime lei e justiça crime polícia porto gangue roubos assaltos
Ver comentários