Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

PSP volta a ficar sem água quente

A revolta instalou-se, de novo, na esquadra da PSP de Oliveira do Douro, em Gaia. Há cerca de três dias as instalações voltaram a ficar sem água quente devido a um problema na canalização. É a segunda vez que os agentes se vêem a braços com o problema. Entre Outubro e Dezembro do ano passado, os polícias tomaram banho de água fria pois a caldeira estava estragada.
17 de Janeiro de 2011 às 00:30
Esquadra da PSP de Oliveira do Douro, em Vila Nova de Gaia, está novamente sem água quente
Esquadra da PSP de Oliveira do Douro, em Vila Nova de Gaia, está novamente sem água quente FOTO: Joana Neves Correia

"Esta situação é insustentável. É muito mau para um agente que trabalha toda a noite ter de se sujeitar a tomar banho de água fria, ainda por cima nesta altura do ano", explicou ao CM fonte policial.

Em meados de Dezembro, o Comando da PSP do Porto resolveu o estrago na caldeira, mas, pouco mais de um mês depois, surge agora um problema na canalização a impedir que haja água quente. A situação afecta pelo menos 200 polícias e impossibilita ainda que o ginásio, situado nas instalações, seja aberto.

"Há agentes que pagam para dormir nas camaratas da esquadra e que nem direito a um banho quente têm. Resolvem um problema e semanas depois surge outro", disse a mesma fonte.

A esquadra da PSP de Oliveira do Douro tem um papel fulcral na zona, uma vez que dispõe de uma unidade de investigação criminal. O CM contactou ontem o Comando da PSP, mas não foi possível obter uma resposta em tempo útil. 

ÁGUA PSP GAIA OLIVEIRA DO DOURO
Ver comentários