Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Punido por perfil falso de autarca no Hi5

Vítima foi uma advogada de Fafe, que viria a ser eleita vereadora.
12 de Abril de 2013 às 17:12

O Tribunal da Relação de Guimarães confirmou a pena por difamação agravada, a um professor de educação física que criou uma página na rede social Hi5 em nome de uma advogada de Fafe, com termos e referências insultuosos.

Na altura (2009) a vítima era a número três da lista Independentes por Fafe à câmara local, tendo sido eleita vereadora. Em primeira instância, o arguido foi condenado a 2240 euros de multa e 6500 euros de indemnização à queixosa. Recorreu para a Relação, que confirmou a pena.

Segundo o tribunal, a página na rede social Hi5 foi criada pelo arguido em outubro de 2009, contendo uma fotografia da referida advogada e referências insultuosas. Ainda de acordo com o tribunal, o arguido criou aquele perfil para se vingar da assistente, em virtude de uma desavença ocorrida em setembro desse mesmo ano.

vítima advogada Fafe Hi5 vereadora educação física
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)