Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Punidos por explorarem prostituição em quinta

Homem tinha antecedentes criminais pelo mesmo crime.
12 de Janeiro de 2017 às 08:33
Quinta de S. José, em Palmeira
Quinta de S. José, em Palmeira FOTO: Direitos Reservados
Um homem e uma mulher foram esta quarta-feira condenados, no Tribunal de Braga, a penas suspensas, pelo crime de lenocínio, por explorarem prostituição na Quinta de S. José, em Palmeira, naquele concelho.

O homem, com antecedentes criminais pelo mesmo crime, foi punido com dois anos e quatro meses de prisão, pena que fica suspensa sob a condição de o arguido entregar 1500 euros à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV).

O tribunal ordenou ainda a dissolução das sociedades que os dois criaram para gerir a quinta, entre novembro de 2012 e o mês de janeiro de 2015.
Tribunal de Braga Quinta de S. José Palmeira Associação Portuguesa de Apoio à Vítima APAV
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)