Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Quase 30 mulheres mortas por violência doméstica

O Observatório de Mulheres Assassinadas (OMA) registou, em 2009, 29 mortes e 28 tentativas de homicídio em ambiente doméstico, foi esta segunda-feira anunciado.
12 de Julho de 2010 às 16:02
Lisboa foi o distrito com maior número de mulheres assassinadas
Lisboa foi o distrito com maior número de mulheres assassinadas FOTO: Mariline Alves/CM

Criado pela Umar - União de Mulheres Alternativa e Resposta, o observatório revela que "a maioria dos agressores deste tipo de violência de género fatal continua a ser o grupo de homens com quem a vítima ainda mantém uma relação".        

Nos casos de homicídios, 62 por cento dos criminosos eram companheiros, maridos, namorados ou o homem com quem a vítima mantinha relação, sendo que 38 por cento dos casos de homicídio foram perpetrados por homens de quem as vítimas já se tinham separado.         

Maria José Magalhães, da Umar, afirmou, no Porto, congratular-se com o facto do número de mulheres mortas no ano passado ter diminuído face a 2008, ano em que se registaram 46 mortes. Contudo, segundo a agência Lusa, a responsável salientou que "é preciso uma atitude mais eficaz".         

Os dados do OMA revelam ainda que 45 por cento das vítimas mortais tinham entre 36 e 50 anos, sendo que a maioria dos homicidas (50 por cento) se  encontra na mesma faixa etária.         

Além disso, 15 das 29 mulheres foram mortas com recurso a armas de fogo.         

O distrito de Lisboa foi aquele que registou o maior número de mulheres assassinadas (6), seguindo-se Vila Real, Setúbal e Castelo Branco (3) e o Porto, com duas mortes.         

Desde de 2004, ano em que foi criado o OMA, referiu Maria José Magalhães, registaram-se já 208 homicídios e 243 tentativas de homicídio.         

A Umar revelou ainda que o ‘P'ra Ti’ - Centro de Atendimento e Acompanhamento a Mulheres Vítimas de Violência acompanhou no primeiro trimestre deste ano 64 mulheres, com 81 filho/as dependentes, num total de 145 pessoas.         

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)