Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Quatro facadas após discussão

Nelson (nome fictício) deslocou-se anteontem, por duas vezes, a casa da ex-mulher, na Lousã, com o objectivo de levar alguns pertences dos filhos que têm em comum. À porta do apartamento, na rua Dr. Henrique Figueiredo, iniciou uma discussão com o actual companheiro desta, que terminou à facada.

28 de Abril de 2011 às 00:30
Vítima foi atingida com três golpes na zona abdominal e outro numa perna
Vítima foi atingida com três golpes na zona abdominal e outro numa perna FOTO: Ricardo Almeida

"Na primeira vez ouvi uma grande discussão no corredor, à entrada do apartamento. Passado pouco tempo, o ex-marido dela voltou e agrediu o actual companheiro à facada. Ouvi um grande estrondo no corrimão, já a chegar ao meu andar, e eram eles a lutar. Depois, só vi o rapaz com a camisola cheia de sangue. As escadas ficaram todas ensanguentadas desde o terceiro andar, porque isto foi uma coisa indescritível que nunca tinha presenciado", explicou ontem ao CM um dos vizinhos.

"Só pensava que as crianças estariam a assistir a tudo aquilo, mas felizmente não estavam em casa. Eles estão no prédio há pouco tempo mas, depois disto, ficámos com medo", salientou a testemunha.

A vítima, um homem de 29 anos que não quis ser identificado, sofreu três golpes na zona abdominal e um na perna. Já na rua foi assistido pelos Bombeiros da Lousã e transportado aos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), onde levou 15 pontos, tendo alta médica posteriormente. O agressor foi identificado pela GNR – que lhe ligou para o telemóvel –, acabando por apresentar-se voluntariamente no posto da Lousã. Quando estava a ser ouvido, Nelson queixou-se de dores na cara. Chamados ao posto para prestar assistência, os bombeiros suspeitaram de fracturas nos ossos da face e transportaram--no também aos HUC.

"Após as agressões ele foi deixar a faca num caixote do lixo, que foi recuperada pela polícia mais tarde", referiu Tiago Carvalho, funcionário num café próximo.

ESFAQUEADO FACADAS LOUSÃ DISCUSSÃO
Ver comentários