Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Quatro meninas abusadas por educador de 60 anos

Um homem de 60 anos, funcionário de uma instituição de ocupação de tempos livres de Loures, foi detido pela Polícia Judiciária por ter abusado sexualmente de quatro crianças que frequentam aquele estabelecimento.
1 de Abril de 2006 às 00:00
O detido era o responsável directo pelas crianças que frequentavam a instituição privada, dedicada exclusivamente à ocupação dos tempos livres. Durante algum tempo terá abusado sexualmente de quatro meninas, com idades compreendidas entre os seis e os dez anos.
A detenção foi efectuada pela Directoria de Lisboa da Polícia Judiciária, após uma denúncia de alguns pais, que se aperceberam de situações menos próprias na forma como o funcionário tratava as crianças.
Após interrogatório judicial, o sexagenário ficou a aguardar julgamento em prisão preventiva.
MAIS TRÊS DETIDOS
A Polícia Judiciária anunciou ontem a detenção de outros três homens, igualmente suspeitos da prática de crimes de abusos sexuais a crianças.
Numa das situações, no concelho de Évora, o suspeito, de 25 anos, conhecia a vítima, uma jovem de 12, por serem vizinhos. Presente a tribunal, o arguido ficou em prisão preventiva.
Foi igualmente detido um homem de 28 anos, no concelho do Cartaxo, suspeito de abuso sexual de uma menor de onze anos. O indivíduo convivia regularmente com a família da vítima, aproveitando-se da confiança que a menor tinha nele para consumar o crime. Presente às autoridades judiciárias competentes, ficou em prisão preventiva.
Finalmente, a PJ deteve ontem um homem de 45 anos, suspeito de abusar sexualmente de duas meninas de doze anos. Também neste caso o abusador conhecia as menores, as quais eram suas vizinhas. Não se conheciam ontem as medidas de coacção aplicadas.
DETENÇÕES AUMENTAM EM 2006
Segundo dados fornecidos pela Directoria de Lisboa da Polícia Judiciária, no primeiro trimestre deste ano baixaram ligeiramente as denúncia de abusos sexuais de crianças, em relação a mesmo período do ano passado (56 entre 1 Janeiro e o fim de Março de 2006, contra 61 no mesmo período de 2005).
Em contrapartida as detenções relacionadas com estes crimes aumentaram de 14 nos primeiros três meses de 2005 para 22 em igual período deste ano.
Fonte da Polícia Judiciária adiantou que este ano – em comparação com 2004 – têm vindo a aumentar ligeiramente, em termos percentuais, os crimes de abuso sexual praticados contra crianças do sexo masculino. Mesmo assim, 80 por cento das vítimas são meninas.
De resto, o grupo etário das vítimas não sofreu alterações, continuando a situar-se principalmente entre os oito e os treze anos. No que diz respeito aos autores dos crimes de abuso sexual não existe um grupo etário restrito. No entanto, é pouco habitual ser praticado por indivíduos com menos de vinte anos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)