Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Quatro militares portugueses da área da saúde partem para Kosovo para apoiar refugiados afegãos

Missão, que poderá ter a "duração de até 90 dias", vai juntar-se aos 11 militares da cooperação Civil-Militar que se encontram no Kosovo desde o dia 4.
Sérgio A. Vitorino 9 de Setembro de 2021 às 15:35
Quatro militares portugueses da área da saúde partem para Kosovo para apoiar refugiados afegãos
Quatro militares portugueses da área da saúde partem para Kosovo para apoiar refugiados afegãos FOTO: DR
Quatro militares portugueses da área da saúde, dos três ramos das Forças Armadas, partiram na quarta-feira para o Kosovo onde vão integrar a operação de apoio militar da NATO aos refugiados afegãos, prestando-lhes "apoio médico-sanitário".

A missão, que poderá ter a "duração de até 90 dias", vai juntar-se aos 11 militares da cooperação Civil-Militar que se encontram no Kosovo desde o dia 4.

"Os dois médicos e dois enfermeiros irão igualmente cooperar com forças de outras nações, no campo de Bechtel, um alojamento temporário onde se está a efetuar a operação de apoio aos cidadãos civis afegãos evacuados de Cabul e que aguardam oportunidade para serem recolocados em países de acolhimento", descreve o Estado-Maior-General das Forças Armadas.
Kosovo Armadas Forças Armadas NATO Forças política refugiados ajuda externa
Ver comentários
C-Studio