Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Queda polémica

Um rapaz de 11 anos deu ontem de manhã uma queda no pátio da Escola EB 1 n.º 55 (Infante D. Henrique), em Lisboa, da qual resultou uma ferida na cabeça. Os funcionários presentes limparam e desinfectaram a ferida, mas não colocaram sequer a hipótese de chamar uma ambulância, o que indignou os seus pais.
2 de Abril de 2008 às 00:02
Jorge feriu-se em escola que os pais dizem ser propícia a acidentes
Jorge feriu-se em escola que os pais dizem ser propícia a acidentes FOTO: João Miguel Rodrigues

"O meu filho tem um atestado médico a dizer que é especialmente vulnerável", disse ao CM a mãe, Ana Ferreira, explicando que Jorge Maciel "anda na segunda classe quando já tem 11 anos".

"O meu filho tem um atestado médico a dizer que é especialmente vulnerável", disse ao CM a mãe, Ana Ferreira, explicando que Jorge Maciel "anda na segunda classe quando já tem 11 anos".

Descrevendo o pátio e o recreio das crianças como "cheio de pedras e tábuas soltas", Ana Ferreira admite que o filho se encontrava "estável" à tarde, mas não deixou de desabafar: "Hoje não foi grave, mas amanhã pode ser, com o meu ou com outro."

Já o pai, Manuel Maciel, lamenta que se tenham limitado a "desinfectar a ferida e fazer um penso", defendendo que "deviam ter chamado a ambulância, porque não são médicos, nem enfermeiros".

O CM tentou ouvir a versão dos responsáveis pela escola, mas uma reunião de conselho pedagógico na Escola Fernando Pessoa, sede do agrupamento, impossibilitou qualquer reacção até ao fecho de edição.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)