Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

QUEIMADA ASSASSINA

Um incêndio que lavrou mais de 15 horas nos concelhos de Tomar e Ferreira do Zêzere foi dado como extinto ontem de manhã, depois de ter consumido “largas centenas” de hectares de floresta e ameaçado dezenas de habitações. O fogo teve origem numa queimada ilegal.
12 de Julho de 2002 às 22:35
Detectado às 12h49 de quinta-feira, junto a uma zona habitacional de Ceras, freguesia de Alviobeira, concelho de Tomar, o incêndio alastrou rapidamente devido ao vento que fazia sentir-se na zona, ganhou várias frentes e só foi dado com circunscrito às duas horas da madrugada de ontem.

No terreno estiveram 263 bombeiros, de 42 corporações dos distritos de Santarém, Portalegre, Setúbal e Lisboa, auxiliados por 71 viaturas, dois aviões pesados e um helicóptero, informou o Centro de Coordenação Operacional (CCO) de Tomar.

Ontem, ao final da tarde, continuavam mobilizados para vigilância e combate a eventuais reacendimentos 176 bombeiros e 49 viaturas, de 38 corporações, esperando-se que a área ardida ficasse consolidada durante a noite, disse Joaquim Chambel, inspector distrital de bombeiros de Santarém.

Segundo o responsável, o incêndio registou uma “progressão rápida devido ao vento" e desenvolveu-se “numa zona mista de floresta e zonas agrícolas abandonadas”, o que dificultou as operações de combate.

A velocidade de propagação das chamas apanhou de surpresa os moradores de Alviobeira e Poço Redondo, que chegaram a ver ameaçadas as suas habitações.

“Quando vimos a dimensão do fogo tivemos que fugir. Nunca pensámos que as casas se salvassem”, referiu Anabela Pinto, do Poço Redondo, ainda abalada com o cenário de horror vivido durante a noite.

Segundo um comunicado do Corpo Nacional da Guarda Florestal, as chamas tiveram como origem “uma queimada de resíduos vegetais, realizada por moradores da zona" de Ceres. As queimadas estão proibidas nesta época do ano, pelo que o comportamento dos responsáveis pela queimada é considerado negligente.

A acção dos bombeiros foi prejudicada também pela dispersão habitacional na região.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)