Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Queimado com petróleo quando acendia fogo

Um homem de 72 anos, residente em Panóias, concelho de Ourique, sofreu queimaduras graves de segundo e de terceiro graus nos membros superiores e tórax, quando tentava acender a lareira de sua casa. Manuel da Costa estava, ontem à tarde, internado na Unidade de Queimados do Hospital de São José, em estado considerado grave, ligado ao ventilador.
14 de Fevereiro de 2005 às 00:00
 Um vizinho mostra o que restou da casa de Manuel da Costa
Um vizinho mostra o que restou da casa de Manuel da Costa FOTO: Rui Gregório
O homem estaria embriagado quando tentou acender o fogo com petróleo, que se terá derramado sobre o corpo, pegando fogo de seguida.
Valeu-lhe a ajuda de um vizinho que, ao aperceber-se do que se passava, tentou apagar as chamas.
O homem, conhecido na vila por andar constantemente ébrio, reside numa casa sem quaisquer condições de higiene ou sanitárias. Na habitação, composta por duas divisões, ainda são visíveis as roupas queimadas e garrafas de cerveja e de vinho, “bebidas que lhe faziam companhia desde há muitos anos“, segundo familiares e vizinhos.
“Tenho 49 anos e sempre vi o meu tio embriagado”, revela o sobrinho, Francisco Costa Contreicha. “Parte da reforma vai para o centro de dia, onde ele faz a sua higiene e toma as refeições, e o que sobra é todo para bebida e cautelas da lotaria”, acrescenta.
“Amanhã [hoje] vou visitá-lo ao hospital de São José. A minha irmã já esteve lá e os médicos disseram que o estado dele é muito grave. Pediram para nos irmos preparando para o pior”, revela.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)