Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

"Quem rouba os portugueses não pode ser ajudado". Garrafeira recusa-se a vender vinhos de Berardo

Polémico em torno do empresário levou BacoAlto a tomar uma atitude.
15 de Maio de 2019 às 21:23
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento
Empresário Joe Berardo é ouvido no parlamento

Joe Berardo tem estado debaixo de fogo após as declarações no parlamento sobre as dívidas à CGD.

Na sequência desta polémica uma garrafeira e loja gourmet de Lisboa anunciou um boicote comercial aos vinhos do empresário.

O anúncio foi feito na página de Facebook da empresa. "O BacoAlto informa que a partir de hoje não vende, não compra nem aconselha vinhos das Empresas que o sr. (Joe Berardo) José Manuel Rodrigues Berardo é acionista, as razões são mais que conhecidas", lê-se numa publicação divulgada na terça-feira.

A empresa conclui o comunicado sublinhando "quem rouba os portugueses não pode ser ajudado".

Joe Berardo Facebook CGD José Manuel Rodrigues Berardo Lisboa BacoAlto empresário grandes empresas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)