Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Quercus queixa-se de falta de diálogo

A associação Quercus acusou esta sexta-feira o Governo de José Sócrates de “falta de diálogo”, tendo pedido para ser recebida pelo Procurador-Geral da República, Pinto Monteiro. Os activistas queixam-se de situações criadas pelos Projectos de Interesse Nacional (PIN) que colocam em causa reservas ecológicas em favor de aldeamentos turísticos ou de fábricas multinacionais.
4 de Janeiro de 2008 às 16:45
Hélder Spínola, da Quercus, afirma que a justiça tem de ter atenção a estes casos, lamentando que não exista disponibilidade da parte do Primeiro-ministro para dialogar.
“Nos últimos tempos tem sido muito difícil de conseguir pontos de diálogos consequentes, ou seja tem sido um Governo que tem colocado a questão ambiental em segundo plano”, afirmou Spínola em declarações à rádio TSF.
Ver comentários