Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Queriam droga de volta

As vítimas (três) circulavam num Porsche Cayeene e num Mercedes Classe A. Foram abordados pelos sequestradores em Perafita, Matosinhos, e conduzidos por várias zonas do Porto. Foram agredidos e ameaçados, porque os seguranças queriam que os também seguranças lhes dissessem onde estava a droga que lhes tinha sido roubada.
19 de Setembro de 2009 às 00:30
Os suspeitos saíram em liberdade durante a tarde de ontem
Os suspeitos saíram em liberdade durante a tarde de ontem FOTO: Rui Manuel Fonseca

As ameaças foram várias e um deles acabou por ceder. Disse que sim, que tinha roubado o produto, e disponibilizou-se até para falar com a pessoa que tinha a droga. Ligou para um telefone, mas do outro lado falou com a Polícia Judiciária. Ao primeiro telefonema os inspectores ainda pensaram que era brincadeira. Ao segundo perceberam que havia um sequestro, porque do outro lado alguém dizia que se a "coisa" não aparecesse seria morto.

As chamadas foram localizadas e sequestradores e sequestrados foram detectados. Houve tiros disparados durante a abordagem, que aconteceu pelas 19h00. Os disparos foram feitos junto ao Clube de Ténis do Porto e depois na rua Damião de Góis.

Ninguém ficou ferido e ontem os sequestradores foram levados ao TIC, acusados de um crime de sequestro agravado, dois de sequestro simples, um de ofensas à integridade física e outro de ameaças. Saíram os três em liberdade, com a obrigação de apresentações semanais três vezes por semana.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)