Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

‘Químico’ solto pelo Supremo

O Supremo Tribunal de Justiça deliberou, na passada quarta-feira, a libertação de um espanhol acusado de tráfico de droga , na zona de Monção, e que estava detido desde Dezembro de 2007. O motivo para a decisão prende-se com o ultrapassar do limite de prisão preventiva.

26 de Outubro de 2008 às 00:30
Laboratório foi desfeito
Laboratório foi desfeito FOTO: d.r.

O suspeito, de 48 anos, conhecido por o ‘químico’ (por ter um laboratório), já tem antecedentes criminais e era o único membro de um grupo de cinco que transformavam cocaína que depois era distribuída na Península Ibérica. O processo continua em fase de instrução, pelo que a defesa argumentou que o arguido já estaria ilegalmente detido há 23 dias.

A investigação desenvolvida pela Polícia Judiciária de Braga levou ainda ao desmantelamento de um laboratório químico em Monção, onde os suspeitos purificavam cocaína oriunda da América Latina, através de ‘correios’ que dissimulavam os estupefacientes com chocolate.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)