Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Radares: Excesso de multas entope tribunais

A elevada quantidade de contra-ordenações, cujas sanções chegarão a Tribunal, registadas desde segunda-feira pelos radares de controlo de velocidade instalados na cidade de Lisboa vão entupir os tribunais, de acordo com o presidente do Sindicato dos Funcionários Judicias, Fernando Jorge.
19 de Julho de 2007 às 08:45
Em declarações à rádio TSF esta quinta-feira, Fernando Jorge afirmou que, ao ritmo a que os radares registam contra-ordenações, os tribunais não terão capacidade para dar vazar à quantidade de multas que chegarão, frisando que desde segunda-feira, quando os radares entraram em funcionamento pleno, têm sido registadas cerca de duas mil por dia.
“Das notícias que temos recebido e tendo em conta as multas que tivemos só na segunda-feira, cerca de 3.500 ou 4 mil, se só mil chegarem a Tribunal, estamos a falar de cerca de mil casos por dia, o que dá cerca de 20 mil processos por mês, o que é uma coisa grandiosa para a qual o tribunal não tem capacidade”, revelou o responsável, acrescentando que, “se o serviço é o mesmo e o volume de trabalho aumenta exponencialmente, não vai haver capacidade de resposta, pelo que é presumível que a maioria das multas vai prescrever”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)