Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Rapaz de 14 anos assaltava armado

Com apenas 14 anos, um rapaz residente na zona de Valongo protagonizou, com dois cúmplices, dois assaltos à mão armada, um ao supermercado Minipreço de Paredes e outro em Marco de Canaveses, onde o trio roubou o dinheiro e os telemóveis de três estudantes. Dois dos assaltantes foram anteontem interceptados pela Polícia Judiciária (PJ) do Porto, mas o menor, por ser inimputável, foi libertado. O único detido foi um homem, com 20 anos, que foi presente a tribunal. O terceiro elemento do grupo ainda está a monte.
16 de Fevereiro de 2010 às 00:30
Funcionária contou ao ‘CM’ os pormenores do assalto protagonizado por três homens
Funcionária contou ao ‘CM’ os pormenores do assalto protagonizado por três homens FOTO: Alexandre Panda

O trio começou o dia, na passada sexta--feira, a roubar os telemóveis a estudantes da Escola Secundária do Marco de Canaveses e partiu para Paredes. O alvo foi o Minipreço de Vandoma, ao final do dia. "Entraram dois homens encapuzados e com uma pistola. O terceiro elemento ficou no carro. Estavam calmos, disseram ao colega que se despachasse e desse o dinheiro. Um deles pareceu-nos ser muito novo, mas nunca pensei que tinha apenas 14 anos", disse ao CM Teresa Silva, uma das empregadas do supermercado em Paredes.

Assim que conseguiram o dinheiro da caixa puseram-se em fuga num automóvel Rover, onde o terceiro homem os esperava junto ao supermercado.

Poucas horas depois, a polícia encontrou o carro incendiado, em Gondomar. No mesmo local ermo encontraram outra viatura que te-rá sido roubada pelo mesmo trio.

A Polícia Judiciária recuperou também dois telemóveis e parte do dinheiro roubado no Minipreço. A investigação da PJ continua ainda no rasto do terceiro elemento do grupo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)