Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Rapaz de 16 anos finge ser polícia

Tinha um coldre à vista com uma pistola, que era de airsoft.
Sérgio A. Vitorino 18 de Abril de 2017 às 01:30
Adolescente foi detido por polícias verdadeiros que pensaram que o jovem estava armado
PSP
PSP
Adolescente foi detido por polícias verdadeiros que pensaram que o jovem estava armado
PSP
PSP
Adolescente foi detido por polícias verdadeiros que pensaram que o jovem estava armado
PSP
PSP
Vestido com calças, camisa e boné azuis, o jovem de 16 anos trazia um coldre na perna onde transportava uma ‘pistola’.

Abordou várias pessoas no centro da Falagueira, concelho da Amadora, fazendo-se passar por agente da PSP. Pedia-lhes os documentos de identificação e, com um telemóvel, fotografava os cartões de cidadão. O jovem, de quem havia uma participação por desaparecimento, foi detido pela polícia e libertado.

Segundo apurou o CM junto de fonte policial, tudo se passou durante a manhã de Sexta-feira Santa. Ao verem o homem vestido da mesma cor que a polícia, e com a suposta arma no coldre, algumas pessoas entregaram os documentos sem desconfiarem. O jovem terá conseguido fotografar os cartões de cidadão de meia dezena de vítimas até que uma delas chamou a PSP.

Os agentes intercetaram o homem com toda a cautela - afinal tinha uma arma no coldre - e detiveram-no. Foi então que deram conta de que se tratava de uma pistola de ar comprimido, semelhante às usadas nos jogos de guerra simulados (airsoft). Às costas trazia uma mochila com 13 cartuchos de ar comprimido, usados para fazer disparar da pistola as munições (pequenas esferas) de 6 mm.

O jovem, que terá morada em Almargem do Bispo, Sintra, foi levado para a esquadra e identificado. Foi depois libertado e notificado a comparecer ontem em tribunal, o que fez. O caso seguiu para inquérito.

A pistola, os cartuchos, o telemóvel, o coldre e a mochila foram apreendidas pela PSP.
rapaz polícia finge crime amadora coldre pistola airsoft
Ver comentários
}