Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Raptam e atiram contra PSP

Um homem, de 42 anos, viveu momentos de terror ao ser sequestrado ontem de madrugada por uma dupla armada junto à discoteca Mussulo, na rua Martens Ferrão, em Lisboa. Na fuga, os sequestradores dispararam contra uma patrulha da PSP que os perseguia. Acabaram detidos.
18 de Setembro de 2009 às 00:30
Homem foi atacado e obrigado a conduzir o seu carro
Homem foi atacado e obrigado a conduzir o seu carro FOTO: Simulação

Eram 04h30 e ‘António’ (nome fictício) estava dentro do seu carro. Foi abordado pelos dois assaltantes, de 21 anos, obrigado a sair e preparava-se já para entregar todos os pertences quando a PSP, que tinha sido alertada do assalto, surpreendeu os ladrões a ameaçar a vítima. Desesperados com o flagrante, os bandidos empurraram a vítima novamente para dentro do carro.

‘António’ foi obrigado a conduzir com uma pistola e uma caçadeira apontadas à cabeça. Seguiu a grande velocidade em direcção ao Saldanha. Atrás seguiam vários carros da PSP. Outras viaturas policiais encontravam-se mais à frente posicionadas para os interceptar.

Encurralados, os dois assaltantes tentaram travar a actuação policial com dois tiros de caçadeira no carro-patrulha mais próximo, mas falharam o alvo. Nenhum dos agentes ficou ferido nem houve danos materiais. Pouco depois os assaltantes atiraram para a via pública a caçadeira de canos serrados com a qual efectuaram os disparos.

Foram capturados já na avenida Padre Cruz, junto às bombas de combustível da BP.

Mais tarde, a polícia apurou que havia uma viatura pertencente à dupla na rua Andrade Corvo, perto do local onde tinham atacado o homem. No interior estava uma pistola de calibre 6,35 mm. Para além da viatura e da arma de fogo, foram apreendidos a caçadeira de canos serrados, a carteira da vítima (com cem euros), quatro notas falsas e dois telemóveis. A PSP continua a investigar.

Ver comentários